histórias, poéticas, memórias: para uma práxis radical.

sábado, 19 de setembro de 2009

A imagem contra a palavra

Na sala escura a rua
organiza a platéia.
A vela da memória
projeta-se na tela.
Mudança brusca
a técnica.

- garotos de Paris e de Roma brincam de peles vermelhas, polícias e ladrões.

Fixação em Lilian Gish,
solilóquio silencioso,
reação e retorno
da atenção na história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Quem sou eu